Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1: história e curiosidades
Pular para o conteúdo

Carrinho

Seu carrinho está vazio

Artigo: Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1: história e curiosidades

Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1: história e curiosidades

Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1: história e curiosidades

Nos dias 11, 12 e 13 de Novembro acontece o Grande Prêmio São Paulo de Fórmula 1, ou como é popularmente conhecido, o GP do Brasil de F1, que completa sua quinquagésima edição esse ano e é um dos circuitos mais tradicionais do calendário do esporte. Mas você conhece a história do Grande Prêmio do Brasil e do autódromo de Interlagos? Vamos saber mais um pouco sobre a história desse que é um dos eventos mais importantes do calendário esportivo nacional.

A história do Grande Prêmio do Brasil

Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1: história e curiosidades

A primeira corrida de Fórmula 1 sediada no Brasil aconteceu em 1972, no autódromo de Interlagos, em São Paulo, porém ela foi uma etapa extra do campeonato e não contou pontos na classificação geral, uma situação que era bem comum na época. Por conta disso, as maiores equipes do período - McLaren, Ferrari e Tyrrell - não enviaram seus carros e pilotos para a prova, que contou com apenas doze participantes.

O vencedor foi o argentino Carlos Reutemann, que iria vencer mais três vezes a prova no Brasil. No ano seguinte ela se tornaria integrante do calendário oficial da competição, valendo pontos para o campeonato.

Mudança para o Rio de janeiro

Na etapa de 1978 e durante o período de 1981 até 1989 o GP do Brasil foi realizado no autódromo de Jacarepaguá, Rio de janeiro e foi dominado pelo piloto francês Alain Prost que venceu cinco vezes, o que lhe rendeu a alcunha de Rei do Rio. O local onde antes existia o autódromo foi demolido em 2012 para dar lugar às instalações para a Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro.

Volta para São Paulo

Com a possibilidade de o país perder uma das etapas do campeonato de Fórmula , foi realizado um processo de modernização da pista e instalações do autódromo de Interlagos, que voltou a sediar a prova em 1990. Com consultoria do piloto paulista Ayrton Senna, o circuito teve suas dimensões reduzidas, dos originais 7,9 km para 4,3 km e teve poucas mudanças em seu traçado nos últimos trinta anos. Outro destaque é que a prova no Brasil é uma das poucas a ser no sentido anti horário.

A partir de 1985 o autódromo ganhou seu nome oficial: Autódromo José Carlos Pace, em homenagem ao piloto vencedor da prova em 1975 (sua única vitória na Fórmula 1) e que acabou falecendo apenas três anos depois, vítima de um acidente aéreo. O nome não oficial, Interlagos, veio do fato de que o circuito é localizado entre dois lagos artificiais, o Billings e o Guarapiranga.

Vitória histórica

Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1: história e curiosidades

No ano seguinte, após a volta do Grande Prêmio do Brasil para São Paulo, aconteceu um dos maiores feitos automobilísticos do esporte, em uma prova que ficará para sempre na memória do torcedor brasileiro. Faltando seis voltas para o final, o carro de Ayrton Senna, que até então liderava de ponta a ponta, passou a funcionar apenas com a sexta marcha. Mesmo assim ele conseguiu completar a prova e garantiu a vitória. O desgaste foi tanto que Senna quase não teve forças para levantar a taça ao final da corrida.

Comemorações do 50 anos

O Grande Prêmio do Brasil é um dos mais tradicionais do atual calendário da Fórmula 1. Para se ter uma ideia, apenas outras 8 provas - Inglaterra, Itália, Mônaco, Bélgica, Alemanha, França, Espanha e Canadá - possuem mais edições que a brasileira. Para esse ano de comemorações a organização do evento aumentou a capacidade do autódromo, que poderá receber mais de 200 mil pessoas nas suas arquibancadas.

Outro detalhe é que a organização da prova em conjunto com a agência especializada em NTFs allnft{lab} criou uma série de NFTs comemorativos dos 50 anos da prova. São 5050 NFTs à venda no maior mercado especializado nesses itens digitais, o Open Sea.

Até o momento, o maior vencedor do Grande Prêmio do Brasil é o francês Alain Prost, com seis vitórias em terras brasileiras, em seguida estão o alemão Michael Schumacher e o argentino Carlos Reutemann, caso contarmos a prova teste de 1972. Dos pilotos em atividade, o britânico Lewis Hamilton e outro alemão, Sebastian Vettel, são os que estão mais perto do segundo maior número de vitórias, com três conquistas no Brasil cada um.

Gostou desse conteúdo? Não deixe de curtir e compartilhar. Para mais conteúdos sobre esportes e saúde, confira nosso blog e acesse nosso conteúdo exclusivo.

Veja mais

O que é IoT, a Internet das Coisas
a Internet das Coisas

O que é IoT, a Internet das Coisas

Você já ouviu falar da sigla IoT? Ela é a sigla para o termo em inglês “internet of things” ou, em bom português, internet das coisas. Mas o que isso significa e que “coisas” são essas que estão co...

Ver mais
Regras e fundamentos do beach tennis
beach tennis

Regras e fundamentos do beach tennis

O beach tennis ou tênis de praia, como também é conhecido, é uma modalidade surgida na Itália no final do século passado. Suas regras e fundamentos possuem elementos do tênis tradicional, do vôlei ...

Ver mais
ROLETA DA SORTE: GANHE PRÊMIOS INCRÍVEIS_FRETE GRÁTIS . PRESENTE SURPRESA . 10% / 18% OFF . VOUCHER R$25 / R$50
ROLETA DA SORTE: GANHE PRÊMIOS INCRÍVEIS_FRETE GRÁTIS . PRESENTE SURPRESA . 10% / 18% OFF . VOUCHER R$25 / R$50