Beneficios do banho gelado - Saiba Mais

Você já deve ter visto - uma foto de vestiário ou uma entrevista pós jogo - a imagem de algum jogador com metade do corpo submerso em uma banheira cheia de gelo. Essa é uma prática recorrente nos esportes de alta performance, e suas origens são milenares, existindo registros que os gregos já utilizavam banhos frios, pois acreditavam que os mesmos ampliavam suas forças. Mas quais são os benefícios de entrar em uma banheira gelada depois da prática de um esporte?

A ciência ainda não está completamente convencida da eficácia dos banhos gelados na recuperação de atletas, pesquisas vêm sendo feitas a mais de 50 anos, mas nenhuma foi conclusiva. Existe uma divisão entre aqueles que acreditam na eficácia do método e outros que dizem que um banho em temperatura comum teria o mesmo efeito terapêutico. De qualquer forma, excetuando aqueles com pressão alta, doenças cardiovasculares e diabetes, os banhos gelados vão trazer alguns benefícios, alguns deles inusitados.

Alivia os músculos doloridos

Banhos gelados ajudam a reduzir a dor de músculos após a prática de exercícios de alta intensidade, isso porque a baixa temperatura faz com que as veias sanguíneas se contraiam, o que reduz o fluxo sanguíneo na área dolorida e diminui o inchaço. Não à toa atletas de alta performance utilizam banhos gelados após as partidas, é uma forma rápida de aliviar a dor de músculos que são severamente desgastados durante a prática esportiva.

Pode melhorar a recuperação do treino

Da mesma forma que atua na redução das dores musculares, os banhos gelados podem ajudar na recuperação dos músculos cansados. Este processo ajuda a eliminar os resíduos metabólicos pós-treino, especialmente nos gânglios linfáticos e fluidos do intestino. O aumento de fluxo sanguíneo inunda as células com nutrientes e oxigênio, o que auxilia o corpo a se recuperar com maior rapidez. A temperatura do corpo também diminui, o que ajuda a limitar a resposta inflamatória e, portanto, a recuperação mais rápida.

Reduz o estresse

Esfriar a temperatura do corpo após o treino pode ajudar também a aliviar o stress, especialmente se a região a ser resfriada for próxima ao pescoço. Um estímulo frio nessa região diminui a frequência cardíaca e também reduz a produção de citocinas inflamatórias, proteínas que estão ligadas à ansiedade e à depressão. Além disso, após o choque de temperatura inicial, nossos corpos são capazes de se acalmar e se tornar mais resistentes às mudanças no ambiente em volta, o que torna nosso organismo melhor preparado para situações de estresse.

Esfria corpo e mente

Uma função parecida com a redução do estresse, os banhos frios acalmam corpo e mente. Se você acabou de passar por um treino muito forte ou se as temperaturas onde você mora se tornarem muito altas a ponto de haver alguma preocupação para sua saúde, se refrescar rapidamente pode ser vital nessas situações.

Aumenta a circulação

Os banhos gelados diminuem a temperatura do corpo, o que faz com que o coração mande sangue para seus órgãos vitais. Esse aumento de trabalho do coração faz com que o restante do corpo receba mais oxigênio e nutrientes. Essa é um benefício comparado com uma caminhada de dez minutos em termos de circulação sanguínea, o que pode ser uma alternativa para deixar manter todas as partes do corpo bem oxigenadas.

Ajuda a ter um sistema imunológico saudável

A imersão em banho de gelo, assim como algumas técnicas alternativas de respiração, permitem ao corpo uma possibilidade de formar uma resposta de adaptação ao sistema imunológico. É o que se chama de “hipóxia controlada” – e funciona ativando o hormônio da adrenalina. Com a exposição a estressores fisiológicos, a terapia com banho de gelo desafia o corpo a funcionar além de sua zona de conforto, daí seu efeito direto na função imunológica.

Melhora seu humor

Pesquisas descobriram que banhos gelados possuem um efeito antidepressivo. Os pesquisadores dizem que a melhora no humor provém dos impulsos elétricos nas terminações nervosas do cérebro, impulsos esses causados pelos receptores do frio. Porém esses dados ainda são muito recentes e ainda se procura maiores evidências científicas sobre essa qualidade do banho gelado.

Como tomar um banho frio

Primeiro escolha uma banheira apropriada, ela deve ser confortável para permitir um banho de qualidade. Especialistas recomendam esse tipo de banho logo após o término da atividade física, dessa forma você pode cuidar dos músculos enquanto ainda estão no processo de recuperação. Tente manter a temperatura da banheira de 10 a 15°C, pode não parecer muito gelado, mas com certeza já é fria o bastante. Os banhos não devem ser muito longos, não devendo ultrapassar a marca de dez a quinze minutos. Se notar alguma mudança na coloração da pele, é o momento de sair da banheira.
E então, que tal encarar um banho gelado e aproveitar todos os benefícios dessa técnica milenar?