Dicas de sustentabilidade no dia a dia

Muito se tem falado sobre a preservação do meio ambiente e o melhor uso dos recursos naturais do planeta. No entanto, às vezes ainda não colocamos isso em prática. Mas qual seria a melhor maneira de desenvolver essas atitudes ou contribuir com uma nova compreensão do assunto?

Não precisa ser tudo ou nada, você pode fazer pequenas mudanças que farão uma grande diferença no futuro. E o melhor de tudo, a maioria desses ajustes, além de serem realmente simples, vão lhe economizar algum dinheiro a longo prazo. Uma conscientização sobre a escassez de nossos recursos naturais, do consumo e dos desperdícios que acontecem diariamente pode nos ajudar a procurar atitudes alternativas para hábitos comuns, ou mesmo a interrupção de alguns. São decisões que terão impacto em nosso futuro e no das gerações que seguirão. E lembre-se do slogan: reduza, reuse, recicle.

Diminua o uso de artigos plásticos

Plastico

Diminuir a produção e o consumo de itens fabricados com plástico é uma das prioridades daqueles que se preocupam com o nosso ecossistema. O plástico e seus derivados possuem características que fazem com que ele se torne o inimigo número um dos ambientalistas. Por ser proveniente de combustíveis fósseis, o plástico é um recurso natural limitado, e tem como principal característica o fato de levar muitos anos para para se desmanchar, um processo que pode durar séculos. Para piorar, nesse intervalo ele acaba soltando toxinas no solo ou na água.

No mundo todo a fabricação de artigos de plástico é de aproximadamente 300 toneladas por ano, sendo que metade desse volume é destinada à fabricação de itens que são utilizados apenas uma vez. No entanto, algumas pequenas ações podem ser feitas para diminuir o seu consumo, se tornando apenas uma questão de mudança nos hábitos.

A primeira é optar por levar sua própria sacola para fazer as compras. Não é só no supermercado, essa é uma prática que pode ser empregada em diferentes locais, como lojas de departamento, farmácias ou livrarias. As sacolas de pano ou ecobags de outros materiais ainda possuem a vantagem de serem mais resistentes e fáceis de carregar.

Outra ação simples é optar por formas alternativas de consumo, especialmente dos líquidos. Na hora de tomar aquele cafézinho na empresa ou se hidratar depois de um exercício, opte por levar sua própria caneca ou garrafa de água. O exemplo também vale para o canudinho, se o uso dele for realmente necessário use canudos de metal.

Diminua o consumo de energia elétrica

Essa é uma prática que traz dois benefícios, além de preservar o meio ambiente, também ajuda o seu bolso.

Existem inúmeras formas de reduzir o consumo de energia, algumas delas bem simples como não deixar as luzes acesas em cômodos que não estão sendo usados, opte, quando possível, por iluminação natural (que também possui a vantagem de fazer bem para a saúde) e evite deixar aparelhos domésticos em stand by. Outra dica que possui mais de um benefício é planejar o uso da máquina de lavar. Sempre que possível utilize a capacidade total da máquina, assim você economiza energia elétrica e água. E por fim, uma atitude que leva um pouco mais de investimento, mas que será extremamente positiva a longo prazo, opte pelo fornecimento de energia sustentável, como placas solares por exemplo.

Diminua o uso do carro

Como diria aquela peça publicitária, brasileiro ama carro. Mas a natureza vai amar ainda mais se você deixar essa paixão de lado. Obviamente nem todos possuem empregos próximos (ou mesmo podem trabalhar em home office), mas sempre que possível opte por formas de transporte que evitem o consumo de combustíveis fósseis. Se o tempo estiver bom e o trajeto for próximo, ir a pé ou de bicicleta é uma opção que além de evitar o consumo de combustível ainda ajuda a sua saúde.

Mas caso o percurso seja longo, pense em outras alternativas menos cansativas. Dessa forma, opte por ônibus, trem ou metrô nas cidades que possuem um bom sistema de transporte público. Nas outras, tente combinar com colegas que morem próximos para organizar um sistema de carona, que além de beneficiar a natureza e o bolso, também ajudará a diminuir os engarrafamentos se cada um fizer a sua parte.

Evite o Desperdício de alimentos

Outra questão importante em relação à sustentabilidade é a escassez de alimento, e por isso evitar o desperdício é algo essencial. Na rotina corrida da vida contemporânea, poucos são os que conseguem cozinhar sua própria refeição, portanto a opção mais viável é cozinhar o suficiente para a semana inteira, o que também evita o consumo de gás e energia elétrica. Além disso, sempre existe a possibilidade de reaproveitar algumas sobras, receitas como os bolinhos de arroz e rabanada são clássicos desse (aproveitamento) total.

Para aqueles que desejam fazer ainda mais pela natureza, a opção está em consumir alimentos orgânicos, especialmente os provenientes de produtores locais, e para aqueles que a dieta permitir, diminuir o consumo de carne é outra alternativa na busca de uma vida mais sustentável.

Separe o Lixo

Uma prática simples, porém com números longes do ideal. Na última década, o Brasil teve em média apenas 3% do lixo reciclado, um número preocupante, e que fica ainda pior quando somado ao fato de que o país é o quarto maior produtor de resíduos do mundo. Apesar de parecer um serviço básico, apenas 41% da população brasileira tem acesso ao serviço de coleta de lixo reciclável, mas apenas 17% dos brasileiros separam o lixo.

O que todos esses números revelam é que o país precisa urgentemente melhorar sua relação com o lixo produzido, e que a educação da população é um dos aspectos fundamentais nessa neta, já que metade dos brasileiros não sabem como funciona o sistema de reciclagem de sua cidade. Por exemplo, a maioria das pessoas não lava os objetos antes de descartar nos containers de lixo reciclado.

Uma outra opção para aqueles que se preocupam com o destino de seus resíduos é a prática da compostagem. Essa medida simples de eliminar alguns resíduos orgânicos, tem a vantagem de fornecer um ótimo adubo para as plantas, desde aqueles que possuem árvores frutíferas no terreno, para os que têm uma hortinha de temperos ou para aqueles que só têm algumas flores no apartamento.

Então, vamos colocar em prática essas atitudes no nosso dia a dia? O futuro nos agradece.