O que é e como ser eco-friendly

Com as questões de preservação do meio-ambiente e sustentabilidade se tornando tópico de discussões, especialmente em episódios de grandes mudanças climáticas e os efeitos prejudiciais das mesmas, o termo eco-friendly começa a se tornar parte do vocabulário daqueles que buscam saídas para os problemas ambientais. Mas afinal, o que significa ser eco-friendly?

Eco-friendly é um termo inglês que pode ser traduzido como “amigável ao meio-ambiente” e consiste em um conjunto de práticas que tem por objetivo reduzir os impactos danosos que a produção e o consumo podem causar no meio-ambiente. Muitas empresas estão se tornando eco-friendly, portanto investem em fontes de energia naturais (como painéis solares e energia eólica), produção sem resíduos e outras práticas sustentáveis.

Porém, não são só as empresas que devem se preocupar com o impacto de sua produção no meio-ambiente, boa parte da responsabilidade está com os consumidores que, ao procurar consumir produtos eco-friendly, estarão auxiliando na diminuição dos danos ao meio-ambiente.

Como ser eco-friendly

Existem diversas práticas cotidianas que podem ajudar na preservação dos recursos naturais do planeta, a maioria delas são ações simples e que logo podem se tornar hábitos, mas que a longo prazo terão um enorme impacto na sociedade e no ecossistema.

Alimentação

O que é e como ser eco-friendly - alimentos orgânicos sobre a mesa

 

Um dos grandes equívocos de quem apenas ouviu falar no termo é confundir eco-friendly com veganismo. Apesar da prática vegana (que não se resume apenas à alimentação) ser eco-friendly, existem outras formas de preservar a natureza com relação à alimentação.

Além de diminuir o consumo de alimentos de origem animal, como carne, leite e ovos, uma outra atitude eco-friendly é comprar alimentos de produtores locais, especialmente daqueles que investem na produção orgânica, sem agrotóxicos e outras técnicas nocivas ao meio-ambiente.

Para quem possui espaço, uma boa opção também é começar uma horta em casa, para legumes e temperos, por exemplo. Além disso, é sempre importante conferir a embalagem dos produtos comprados, e focar naqueles que não utilizam corantes ou conservantes e que causam o menor impacto socioambiental.

Descarte do lixo

Existem inúmeras práticas que auxiliam a preservação do meio-ambiente relacionadas ao consumo e ao descarte correto do produtos. O Brasil tem um grande problema em relação a reciclagem do lixo e muito ainda se deve a falta de políticas públicas voltadas ao descarte correto dos produtos que podem ser reciclados. Porém, nas regiões que possuem coleta seletiva, a população também deve fazer sua parte. Além de separar o lixo seco do orgânico, é necessário também lavar as embalagens antes de descartá-las, além de cuidar para não jogar fora produtos eletrônicos, que podem liberar elementos tóxicos no solo.

Outra prática importante é evitar o desperdício de alimentos, cozinhando ou comprando alimentos que serão consumidos, se não na hora, talvez em um outro momento. Por isso crie o hábito de guardar os alimentos na geladeira, de preferência em potes de vidro ou então, para quem possui uma horta ou plantas em casa, pratique a compostagem.

Transporte

O que é e como ser eco-friendly - executivo com bicicleta no trabalho

Um dos principais vilões da causa ambiental é a utilização de carros. Além da produção de monóxido de carbono, os carros, em sua maioria, consomem energia a base de combustíveis fósseis, que tem na sua extração um dos principais motivos de preocupação dos ambientalistas.

Portanto, quando for possível, opte pelo transporte público ou meios de transportes alternativos, como a bicicleta, por exemplo. Se for possível ir a pé, melhor ainda. Não só a natureza, mas o seu corpo irão agradecer. Mas caso não exista a possibilidade de deixar o carro na garagem, tente procurar criar um sistema de caronas com amigos ou colegas de trabalho.

Outras práticas eco-friendly

Pensar de forma eco-friendly ou sustentável pode abranger várias situações, como a casa e o trabalho, e as práticas são muito simples. Em casa evite deixar equipamentos eletrônicos em stand-by ou deixar as luzes de cômodos, que não estão sendo usadas, acesas.

No trabalho, opte por levar garrafas d'água e canecas para o consumo de líquidos e evite o uso de talheres e canudos descartáveis. Outra prática que pode se tornar um hábito em diversas ocasiões é a utilização de sacolas de pano ou ecobags em detrimento das sacolas plásticas, tanto no momento da compra como no transporte de mercadorias.

E então, pronto para colocar em prática essas atitudes eco-friendly? Para mais conteúdos sobre consumo e sustentabilidade, acesse nosso blog para mais novidades.